O Living Coral, cor escolhida pela Pantone para representar o ano de 2019, ainda está extremamente presente em diversas áreas como na moda, arquitetura e principalmente na decoração. E, embora a matiz se adeque a inúmeras composições, no décor da casa de novos moradores pode proporcionar um impacto bastante positivo.

O tom laranja pêssego que, de acordo com a Pantone traz sensações acolhedoras e pode encorajar pessoas a tomarem atitudes mais espontâneas, é capaz de acalorar diversos ambientes. “Além disso, o Living Coral pode transmitir alegria e viabilizar otimismo ao novo lar de recém-casados, por exemplo”, sugere a empresária Luciana Benucci, proprietária da loja de artigos de decoração Aroma & Arte.

No entanto, a cor não se ajusta apenas a composições de lares de novos casais, sendo assim, pode compor arranjos de moradias entre amigos, familiares ou até mesmo de pessoas que resolveram ter um espaço só para elas e decidiram viver sozinhas. Em todos estes casos, a tonalidade reafirmará a alegria da mudança e das novas experiências dentro destes espaços.

Escolher como e onde usar a cor ainda gera algumas dúvidas e, como o Living Coral é uma cor vibrante, adaptá-la a pequenos objetos é uma ótima saída não errar, já que, em desproposito pode pesar um pouco o ambiente. “Almofadas, vasos e pequenos ornamentos são boas escolhas para quem não quer pecar por excesso. Estas peças são recomendadas, principalmente, para quartos e salas de estar onde os moradores passam boa parte do tempo quando estão em casa e, assim, podem ter um contato maior com a cor”, revela Luciana.

O segredo para uma decoração alto astral que traga influências positivas aos moradores pode estar nos detalhes e o Living Coral é um forte aliado para estes resultados.